VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Com 100,91% de imunização, São Roque continua vacinação contra à febre amarela


Com 100,91% da população de São Roque imunizada, o Departamento de Saúde da Prefeitura, continua as ações de combate à febre amarela em nossa cidade.

O Centro de Saúde II, estará aplicando a vacina na segunda-feira, das 7.00 às 15.45 horas, sem mais distribuição de senhas. As demais unidades de saúde estarão seguindo o seguinte cronograma: Vila Nova e Villagio Emilia, às terças-feiras, das 7.00 às 15.45 horas; São João Novo, Carmo e Saboó, às quartas-feiras, das 7.00 às 15.45 horas; Maylasky, às quintas-feiras, das 7.00 às 15.45 horas; Goianã e Canguera, às sextas-feiras, das 7.00 às 15.45 horas.

O Distrito de Maylasky embora esteja no cronograma às quintas-feiras, tem aplicado a vacina todos os dias para os moradores que procurarem o posto de saúde, pois lá foi registrado o único caso de febre amarela silvestre em humano na cidade de São Roque.

Dos 4 casos suspeitos apenas 1 aguarda resultado, pois 2 apresentaram resultado negativo e 1 positivo.

De terça a sexta feira uma equipe do Departamento de Saúde continua percorrendo as casas em busca de pessoas que ainda não foram vacinadas em Maylasky, Rua Margarida Corte, Capela do Sepo e Ponte Lavrada. A ação casa a casa foi finalizada no bairro do Carmo e na semana que vem começa em Canguera e no Goiana.

Devido à grande procura de moradores das cidades vizinhas, continua sendo necessário a apresentação de comprovante de residência ou de trabalho em nossa cidade para a aplicação vacina.

A vacina que agora é dose única, é recomendada para pessoas de 09 meses e não existe mais limite de idade, segundo nova orientação da Secretaria de Estado da Saúde.

A imunização não está indicada para gestantes, crianças com até 6 meses de idade, imunodepressão de qualquer natureza, HIV positivo com imunodepressão grave, tratamento com drogas imunodepressoras como corticoides, quimioterapia, radioterapia e imunobiológicos, transplantados, portadores de câncer, imunodeficiência primária, alergia prévia associada a componentes da vacina, doenças do tino e gestantes. Em caso de dúvida, é importante consultar o médico.

É imprescindível a apresentação da carteira de vacinação para as anotações que poderão ser utilizadas posteriormente para a emissão da carteira internacional de vacina, porém quem não tem a carteira poderá receber a dose da vacina normalmente.

Desde o ano passado foram encontrados e encaminhados para exames 32 macacos, sendo que 15 apresentaram resultados positivos para a febre amarela, 7 negativos e 10 aguardam resultados.

Qualquer macaco encontrado morto, a Divisão de Zoonoses deverá ser comunicada pelo telefone 4784-8551, para que possa recolher o corpo do animal.

Desde fevereiro de 2017 até a sexta-feira (09), foram vacinadas em São Roque 89.273 pessoas o que representa imunização de 100,91% da população